Crie uma rotina de estudos

Rotina de Estudo

A otimização do tempo é uma habilidade valiosíssima na frenética rotina da sociedade pós-moderna. Para o universitário essa habilidade é suma importância, já que não raramente o estudante precisa conciliar suas atividades acadêmicas com a pesada rotina que o espera no mundo lá fora: família, trabalho, relacionamento, filhos, etc. Com tantos afazeres é preciso criar uma rotina de estudos e manter as leituras em dias. Lembre-se, planejamento é tudo.

Reserve parcela do seu tempo para se dedicar aos estudos complementares. Qual o tempo ideal? Tudo vai depender da sua disponibilidade. Cada acadêmico tem uma realidade distinta, mas acredito que ao menos uma hora diária deve ser dedicada às leituras diárias, revisões, resumos, resolução de exercícios, etc.

E já não basta a carga horária semanal na faculdade/universidade? Não! De modo algum. Por mais dinâmico e competente que seja o seu corpo docente, o curso de Direito exigem bem mais do que os apontamentos e observações feitas em sala de aula.

Eu costumo comentar com meus alunos que o conteúdo trabalhado em sala de aula poderia ser comparado a um iceberg. Lá trabalhamos apenas a parte visível, o grosso mesmo é adquirido com as leituras indicadas no plano bibliográfico, com a revisão do conteúdo estudado e, principalmente, com resolução de exercícios. Sim, exercícios! É como no futebol amigos, o bom estudante é aquele que treina fundamentos.

Claro que existem exceções à regra. Existem alunos que demonstram um extraordinário poder de assimilação e memorização, o que faz com estes sintam menor necessidade de uma carga extra de atividades para apresentar bom desempenho nas avaliações.

Então vamos imaginar que você dispõe de uma hora diária para estudos complementares. Nesse caso, você pode, por exemplo, escolher uma matéria por dia para revisar conteúdos e, se possível, antecipar as leituras que serão feitas ao longo da unidade. Daí a importância de analisar com antecedência o plano de estudos de cada disciplina e consultar a bibliografia indicada por cada professor.

No exemplo acima, se você tem, imaginemos, seis disciplinas no semestre, poderá se dedicar em cada dia da semana à revisão de uma delas e ainda vai lhe sobrar o domingo para oxigenar a mente. Claro, se até Deus precisou de um dia de descanso…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


um × 5 =